quinta-feira, 5 de maio de 2011

Método do Dr. Lazzarotto e Souza e outros...

O obeso é um viciado como qualquer outro, tudo bem que devemos ter limites e a reeducação alimentar é válida. Mas ter que viver tomando vitaminas, repondo minerais e comendo como um pombo ninguém merece! Minha irmã me indicou o Hospital de Ipanema e eu vou, não é o que desejo, não é o que tenho vontade de fazer, mas vou... Não quero fazer redução de estômago, a já famosa bariátrica, depois que conheci o método do Dr. Lazzarotto até sonho em viver como minha irmã Nil, magrinha e comendo à vontade. Magrinha por minha conta e risco né? Claro que nunca serei e nem quero ser magrinha igual a Nil, mas quero estar na faixa dos 80kg não como estou agora com quase 160kg e engordando a olhos vistos. Mandei um e-mail para eles e aguardo resposta, pedi informações e se eles fazem uma filantropia básica pros gordinhos carentes... Realmente o método Lazzarotto é muito bom...

Bypass Intestinal Lazzarotto & Souza - Cirurgia Restritiva
Idealizada e desenvolvida por Dr. Jose Lazzarotto de Melo e Souza.
  Também conhecida como Derivação Intestinal Reversível Lazzarotto & Souza, iniciada na década de 80 e divulgada em congressos nacionais e internacionais na década de 90. Diferente da Derivação Intestinal Simples dos anos 50 a 70, do tipo Payne e DeWind, porém sendo uma variante da cirurgia de Payne. Os princípios são totalmente diferentes das cirurgias no estômago.

  As cirurgias que atuam no estômago sempre são feitas também no intestino, e são chamadas Bypasses Gástricos. Dentre elas, duas são as mais conhecidas, tendo uma serie de variantes técnicas. Algumas são do tipo restritiva-disabsortivas (restritivas-restringem o estômago) e disabsortivas (não absorvem nada em grande parte do intestino), como a cirurgia de Fobi-Capella (bypass gástrico). Ocasionam o emagrecimento porque restringem o estômago a mínimas quantidades de comida (equivalente a uma xícara de cafezinho, 20-50ml), com isolamento de 96-98% do mesmo, e de aproximadamente 80% do intestino delgado. 
O princípio dessas cirurgias é o comer um mínimo de alimentos, 30ml a 50 por refeição. Necessita do acompanhamento de nutricionistas e psicólogos em face de nunca mais poder comer como as pessoas comuns e haver necessidade de complementação nutricional com cálcio, vitamina B12, ferro e outros.

  Outros tipos de cirurgias que atuam no estômago e no intestino são disabsortiva-restritivas, como a cirurgia de Sccopinaro (bypass gástrico) e suas variantes técnicas. Restringem menos o estômago (equivalente a 150ml a 250) por refeição, mas isolam mais do intestino que a cirurgia de Capella. Outra variante técnica é a cirurgia de Domeni, que interrompe o trânsito entre o estômago e o intestino delgado, o que facilita a reversão em casos de complicações.

Um comentário:

  1. GOSTARIA DE SABER SE A CIRURGIA DO ESTOMAGO DO DR LAZZAROTO SE AQUI EM CAMPINA GRANDE NA PARAIBA SE TEM ALGUM M[EDICO QUE J[A EST[A ADOTANDO ESTA CIRURGIA E QUAL DEVO PROCURAR PARA FAZER UMA CONSULTA. FAVOR ENVIAR COMENTARIOS A RESPEITO DESTA CIRURGIA PARA O MEU EMAIL

    iraneide_melo@hotmail.com


    iraneide.melo@energisa.com.br


    conto com a sua ajuda

    ResponderExcluir